Services
 

2015: Relatório de actividades da Fundação Sainte Irmine

Mais 35% de receitas do que no ano anterior

É com muito prazer que apresento aos nossos doadores o terceiro relatório de actividades da Fundação Sainte Irmine, fundada a 9 de Novembro de 2012, para apoiar os projectos pastorais da Arquidiocese do Luxemburgo.

Este documento contém um conjunto de informações sobre as actividades da Fundação durante o ano fiscal de 2015, bem como dados financeiros importantes sobre o uso dos recursos angariados e dos projectos financiados.

A Fundação Sainte Irmine prossegue a diversificação dos projectos que apoia, de acordo com o objetivo que lhe é atribuído, ou seja, o desenvolvimento pastoral da Arquidiocese. Um importante projeto é o “Fonds d’avenir de l’Archidiocèse de Luxembourg” (Fundo para o futuro da Arquidiocese do Luxemburgo): este fundo deverá efectivamente fornecer à Arquidiocese do Luxemburgo os recursos financeiros necessários para assegurar o serviço pastoral em todo o território da Arquidiocese. Os recursos angariados vão permitir pagar exclusivamente os salários do clero e das pessoas em missão eclesial, que entrem ao serviço da Arquidiocese, depois da entrada em vigor da Convenção de 26 de Janeiro de 2015, assinada entre o governo do Grão-Ducado do Luxemburgo e a Igreja Católica Luxemburgo.

Quero expressar a minha mais profunda gratidão a todos os doadores que demonstraram a sua generosidade e apoio à Igreja, fazendo a sua contribuição para a Fundação Sainte Irmine. O seu gesto permite levar a cabo os projectos seleccionados pela Fundação, num contexto financeiro difícil para a Arquidiocese.

Jean-Claude Hollerich
Arcebispo do Luxemburgo

A Fundação

A Fundação Sainte Irmine foi constituída a 9 de Novembro de 2012, por um período ilimitado de tempo, e destina-se a promover o desenvolvimento pastoral da Igreja Católica no Luxemburgo, nomeadamente através do apoio financeiro a projectos, a ajuda e a assistência moral ou material a instituições, associações, a obras e pessoas que tenham um objectivo similar. A Fundação pode colaborar nacional e internacionalmente com outras organizações com um objectivo similar.

Uma fundação da Igreja Católica, no Luxemburgo, para apoiar projectos inovadores

A Fundação Sainte Irmine é fruto da iniciativa do Arcebispo de Luxemburgo, D. Jean-Claude Hollerich, que preside ao Conselho de Administração. O nome Sainte Irmine lembra a mulher que em 697 deu todos os bens que possuía em Echternach a Willibrord , que depois ai erigiu o seu mosteiro. A vocação da Fundação Sainte Irmine é ser um elo entre os benfeitores e os doadores, por um lado, e os iniciadores e promotores de projectos, por outro. A Fundação Sainte Irmine é ainda recente e conta com o compromisso e a participação de todos para poder realizar os seus projectos, quer através de acções de voluntariado, com vista à angariação de fundos, quer através de uma participação financeira directa, sob a forma de donativo ou legado. Cada gesto é importante para o futuro do Igreja, e um verdadeiro impulso nos tempos difíceis que atravessa.

O Arcebispo entregou a direcção da Fundação ao vigário-geral, cujo objectivo principal é a promoção de projectos pastorais inovadores e concretizáveis.

As actividades e projectos

Durante o ano fiscal de 2015, a Fundação angariou um total de € 336.427, o que representa um aumento de mais de 35% das doações em relação ao ano de 2014.

Em 2015, a Fundação apoiou os seguintes projectos:

- De 17 a 31 de Julho de 2015, a Fundação apoiou a participação de um grupo de cerca de oitenta jovens em peregrinação a Assis. Estes jovens visitaram os lugares relacionados com a vida de São Francisco. Ajudados nas suas reflexões por orientadores, os jovens reflectiram acerca das experiências feitas na caminhada, em grupo, e transpuseram-nas para o dia-a-dia das suas vidas. Os jovens dividiram-se e chegaram a Assis, no final da primeira semana, seguindo trajectos diferentes. Durante a segunda semana, todo o grupo ficou alojado em Santa Maria Degli Angeli, perto de Assis, de onde partiam todos os dias em direcção à terra natal de S. Francisco. Os dias eram ritmados pela celebração da missa, pelas visitas (Basílica de S. Francisco, Basílica de Santa Clara, a Basílica de Santa Maria dos Anjos, ...) e a partilha em grupo.

- O desenvolvimento do Centro Espiritual de Cents:
Uma comunidade contemplativa de religiosas do Instituto das Servas do Senhor e da Virgem de Matara estabeleceu-se no antigo mosteiro do “Carmel”, em Cents, sob a protecção de Santa Hildegarda de Bingen, com a intenção específica de orar pela santificação, pelas intenções e pela a missão pastoral dos bispos. Todos podem participar nas orações e cerimónias religiosas, e em todas as celebrações realizadas no mosteiro.

Em segundo lugar, o centro espiritual de Cents trabalha para e com as famílias, a célula fundamental da sociedade. Culturalmente, a família é o ponto de inflexão crucial pois é nela que nascem, crescem e se formam para a vida as pessoas.

O apoio às famílias, jovens, crianças e adultos nas suas caminhadas espirituais é confiada a uma comunidade apostólica de religiosas do Instituto das Servas do Senhor e da Virgem de Matara. Esta comunidade ocupa e utiliza alguns dos edifícios do antigo convento do “Carmel”, com o objectivo de realizar as suas actividades de formação (catequese, preparação para os sacramentos, dias dedicados à família, eventos culturais etc.).

- O “Fonds d’avenir de l’Archidiocèse de Luxembourg”: O fundo destina-se a assegurar financeiramente o serviço da pastoral em todo o território da Arquidiocese. Os recursos angariados vão permitir pagar exclusivamente os salários do clero e das pessoas em missão eclesial que entrem ao serviço da Arquidiocese depois da entrada em vigor da Convenção de 26 de Janeiro de 2015, assinada entre o Governo do Grão-Ducado do Luxemburgo e da Igreja Católica Luxemburgo.

O Conselho de Administração da Fundação é assistido por um comité de direcção do “Fonds d’avenir” que tem as seguintes características:

- A missão do comité de direcção é fazer propostas para a divulgação do Fundo e propor ao Conselho uma política de investimento dos activos do Fundo; o comité deve garantir o bom uso de recursos do Fundo;


- O comité de direcção tem a seguinte composição: um representante do clero, um representante dos sacerdotes reformados, um representante dos diáconos permanentes, um representante das pessoas em missão eclesial, dois representantes da sociedade civil.

 

- A iniciativa “Missio Luxemburgo” lançou vários projectos, cujo objectivo se insere no âmbito das actividades da Fundação, a saber: o patrocínio de quatro seminários na Índia, na Indonésia, na República Democrática do Congo e no Ruanda; contribuir para a fase final da construção da Catedral de Saint-Joseph na diocese de Sangmelima, nos Camarões; a construção de uma casa paroquial em Pinnè Kone, na diocese de Pathein, Myanmar, e as obras de expansão de uma escola primária católica no Benim.

A ajuda aos seminários é uma iniciativa da “Pontifícia Obra de São Pedro Apóstolo” (mais conhecida no Luxemburgo como a “ajuda aos padres do terceiro mundo”), que apoia mais de 125 anos de formação sacerdotal nos países do hemisfério sul.

Apoio das actividades do «Centro para a Proteção Infantil» da Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma. Este centro tem por objectivo definir diretrizes para a implementação de medidas de prevenção do abuso de menores ou de pessoas vulneráveis, e promover acções de sensibilização, não só em círculos católicos, mas também, de uma forma mais ampla, na sociedade. O centro é apoiado pela Arquidiocese de Munique e Freising e pelo Departamento de Psiquiatria e Psicoterapia da Criança e do Adolescente do Hospital Universitário de Ulm, na Alemanha. Por outro lado, a Universidade Gregoriana está a desenvolver um programa on-line de formação ( «Programa PCC E-Learning»), de trinta horas, e em quatro idiomas (Alemão, Inglês, Espanhol e Italiano), para todos aqueles que desenvolvem actividades pastorais com os jovens.

- A salvaguarda do património religioso e cultural da Igreja Católica é um dos maiores desideratos da Arquidiocese de Luxemburgo. A quantidade de arquivos paroquiais que vão passar a integrar o arquivo diocesano tem aumentado significativamente nos últimos anos. Há muitas obras que atingiram um estado precário e necessitam de restauração profissional para garantir a sua conservação. Com o lançamento deste projecto, a arquidiocese dá cumprimento às várias recomendações emitidas pela Comissão Pontifícia para os Bens Culturais da Igreja, especialmente A função pastoral dos arquivos eclesiásticos, de 2 de Fevereiro de 1997.

Os donativos destinadas a este projeto vão permitir a restauração, conservação ou a digitalização dos documentos, permitindo a preservação e valorização deste património de um valor incalculável.

O fenómeno da deterioração não se limita apenas aos arquivos, mas também afecta muitos objetos litúrgicos e artísticos, e por isso o projecto visa também a restauração de objectos religiosos deteriorados, encontrados em igrejas, ou noutros espaços utilizados para o culto católico. Assim, a Arquidiocese sublinha o apoio e a importância a tudo o que foi produzido nesta área, como forma de expressar e cumprir a sua missão pastoral.

Promoção e Relações Públicas

A Fundação aumentou a sua exposição no mundo virtual, a partir do momento em que se inaugurou um acesso directo à Internet, através do link: www.irmine.lu. A Fundação marca também presença no sítio online da Arquidiocese, em www.cathol.lu. Este espaço é gerido pelo secretário-geral da Fundação em colaboração com o Departamento de Comunicação e Imprensa da Arquidiocese. A página online da Fundação apresenta os vários projectos que beneficiam do apoio da Fundação.

A Fundação também criou um acesso seguro aos donativos on-line, permitindo que os doadores possam apoiar os projectos que desejam através do pagamento por cartão de crédito.

No início de 2016, a base de dados da Fundação inclui uma lista de cerca de 1.500 doadores, constituída principalmente por pessoas singulares. Para melhorar as relações com os actuais e potenciais doadores, a Fundação vai dotar-se, em 2016, de uma aplicação informática gratuita, que assegure um tratamento administrativo mais eficaz, uma vez que a comunicação da Fundação se faz fundamentalmente através de suportes digitais.

Conselho de Administração (30 de Março de 2016):

Jean-Claude Hollerich Arcebispo do Luxemburgo, Presidente
Leo Wagener, Vigário Geral da Arquidiocese de Luxemburgo, Presidente executivo
Bernadette Reuter (Até 24 de janeiro de 2016)
Guy Schleder
Marc Wagener

Secretário-Geral:
Christian Descoups
christian.descoups cathol.lu
Tel. 46 20 23 31

Os donativos para a Fundação Sainte Irmine são dedutíveis no imposto sobre o rendimento, dentro dos limites aplicáveis da lei

CCPLLULL: LU64 1111 7017 0305 0000
BILLLULL: LU42 0027 5100 4006 0800
CCRALULL: LU69 0090 0000 6634 2007
BCEELULL: LU53 0019 4055 0036 1000
BGLLLULL: LU81 0030 8856 3963 0000
BLUXLULL: LU06 0080 2915 3290 2001
DEGRLULL: LU41 0832 3322 8010 0650
FOTNLULL: LU62 0100 7201 6709 0550

Conta especial dedicada ao “Fonds d’avenir” CCPLLULL «Fundo do Futuro»: LU79 1111 7038 7846 0000

Contactos:

Fondation Sainte Irmine
PB 419
L-2014 Luxembourg
www.irmine.lu
irmine cathol.lu

Relatório completo em fr

 
Service Kommunikatioun a Press - Äerzbistum Lëtzebuerg - Dateschutz - Impressum - © Verschidde Rechter reservéiert